Especialista esclarece que a cirurgia a laser é um avanço e traz resultados mais precisos.

 

Catarata é a principal causa da cegueira no mundo, mas tem solução.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a catarata é a principal causa de cegueira no mundo. Dr. João Pacini, oftalmologista do Visão Institutos Oftalmológicos, em Brasília, esclarece que esta doença é caracterizada pelo endurecimento ou opacificação do cristalino (estrutura biconvexa, gelatinosa, com grande elasticidade que diminui progressivamente com a idade). “Um dia todos vão sofrer deste problema. Porém, é importante ressaltar que os tratamentos para esta doença estão cada vez mais avançados e precisos”, acrescenta.

O especialista explica que a cirurgia a laser é uma das melhores alternativas para tratar a doença. “Hoje, contamos com tecnologias avançadas que permitem que mais da metade dos procedimentos cirúrgicos sejam feitos com o laser. Este equipamento substitui o bisturi e garante mais precisão e agilidade. O laser é guiado pela tomografia ótica, em 3D, utiliza pouquíssima energia garantindo uma precisão maior”, acrescenta Dr. João Pacini.

Além de resolver os problemas causados pela catarata, este procedimento corrige outras complicações oculares. “A cirurgia consiste na substituição do cristalino opaco por uma lente intraocular. Hoje existem lentes que podem corrigir o astigmatismo (lentes tóricas) e outras que corrigem também a vista cansada (lentes multifocais)”, afirma.

Dr. João Pacini adverte que nem todos podem se submeter a este tipo de procedimento. “Pode ser realizada em quase todas as pessoas que têm catarata. Basta que o paciente consiga olhar fixamente para a luz. O procedimento não está liberado ainda para uso em crianças. Também é importante destacar que o Visão Institutos Oftalmológicos é um dos poucos centros de atendimento oftalmológico no Brasil que está plenamente habilitado para realizar cirurgias a laser para correção de catarata”, conclui o médico.

O bisturi aposentou?

O oftalmologista explica que os instrumentos usados antes do advento do laser continuam importantes. “A técnica tradicional traz resultados satisfatórios e não vai deixar de existir, mas o laser é estatisticamente melhor, principalmente para quem tem o cristalino muito opaco, duro ou fora do lugar”, explica. “A abertura da córnea e do cristalino  são as etapas mais difíceis da cirurgia, podem ser feitas com o bisturi e  pinças, mas o corte com o laser é muito melhor e mais preciso”, finaliza.

Fique de Olho

Nova técnica para Cirurgia Refrativa - Correção Topoguiada a laser Contoura ™

Já pensou em conseguir enxergar como nunca antes? Apesar de parecer um sonho distante, essa realidade já é possível a partir da técnica de cor...

Tabagismo e alcoolismo causando baixa de visão.

Os hábitos de uma pessoa podem predizer muito sobre seu estado de saúde. Uma pessoa que pratica atividades físicas regularmente e possui alim...

Muito brócolis para uma ótima visão

Tortilha de Brócolis – Zoinho Gourmet
1º –  Antes de fazer está receita saudável, o primeiro passo é reunir todos os ingre...

Acompanhe nossas novidades, promoções e dicas!

ACOMPANHAR
João Luiz Pacini Costa - Oftalmologista e Diretor Técnico Médico - CRM 3862-DF
facebook
twitter
youtube
instagram